segunda-feira, maio 30, 2005

Féria ado

Acabei de chegar de uma breve temporada no meio do mato. Três dias. Peguei lagostinhas no riacho, pisei em titica de galinha, aos montes, colhi maracujá, tomei o solzinho de outono, comi horrores, peguei ovos caipiras. Cheiro de verde. Não consegui tirar os olhos das cores da bananeira.




- - -

Temos moradora nova na casa. Denise, colega de infância, chegou hoje, direto de Fortaleza, para uma estadia de 30 dias na pousada da família Noyori de Oliveira.

- - -

Precisava compartilhar essa. Meu vizinho, de uns 10 anos, veio me vender esse cachecol há duas semanas. Além de incentivar o garoto, caí de amores pela cor e pelo preço (o diacho do cachecol é comprido pacas). Alguém se interessou? O Lúcio já veio me falar que tem mais cores. Ah, e uma amiga já encomendou um creme. Inverninho chegando.

5 comentários:

  1. Anônimo5:33 PM

    Saudades pra sempre

    ResponderExcluir
  2. Noiaaaaaaaaa, como vc tah! Eu estou surtando por aqui hehe, quero voltar! Saudades. Bejitoss da Drica <* *>

    ResponderExcluir
  3. Puxa, puxa, puxa. Nem pra responder meu email? Agora que eu tento ser uma pessoa simpática e boazinha - até converso com as pessoas! - tudo o que eu ouço é silêncio.

    Quando vamos marcar as tortillas en Fradique, moça?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo4:11 AM

    Sinto sua falta até hoje,menina...

    Espero que vc esteja bem...

    Assinado

    vc sabem quem...

    ResponderExcluir
  5. Hey dona Noia... no momento mais esperado vc some... hehehe. Saudades de vc e se cuida por aih... Bejitosss da Drica <* *>

    ResponderExcluir

Deite no Divã e abra o bocão!